Guia Mais

3 Dicas Para Economizar Mesmo Tendo Filhos

É muito comum vermos o sofrimento e a angústia dos pais, principalmente das mães, por causa do dinheiro.

Geralmente, eles querem dar o melhor para os seus filhos, o que significaria gastar mais do que ganhar.

Existem algumas mudanças que você pode fazer em casa para reduzir suas despesas sem sacrificar o bem-estar do seu filho.

Separamos hoje, algumas dicas para que economize, mesmo havendo preocupações com os seus herdeiros.


Educação mais acessível

Algumas famílias investem muito dinheiro em educação, porque esse é o maior legado para o filho.

O que é verdade, mas não se implica em mensalidades caras. Se você se encontrar em uma situação financeira “apertada”, mudar de escola seria uma boa opção.

A diferença não está na instituição educacional, mas no modelo educacional ensinado em casa. Os pais são os melhores professores no início da fase escolar.

Se você observar diversos casos, poderá ver que as mães são as primeiras a ensinar a ler, a diferenciar números e as cores.

As mães desempenham um grande papel na formação acadêmica de seus filhos.

Procure boas referências de escolas que, sem serem muito caras, podem ser boas para seus filhos. Ou procure algo perto de sua casa e economize nos custos de transporte.


Menos tempo na frente da tv

Você sabe que as crianças desejam tudo o que vêem, e isso pode ser consequência de muita televisão.

Assim como acontece com as redes sociais, assistindo a tv, os seus filhos podem ser influenciados.

Além de ser um hobby sedentário e viciante, o hábito causa o desejo de ter muitos brinquedos sem precisão.

Muitos programas criam ideias falsas, mas elas não conseguem identificar isso ainda, por isso são altamente persuadidas.


Reduzir compras de brinquedos

Alguns pais tendem a compensar sua falta de infância, dando a seus filhos tudo o que eles não tinham.

Outros acreditam que seus filhos merecem tudo o que pedem e proporcionam tudo o que estiver no alcance.

Outros pais trabalham duro para dar o melhor aos filhos, isso já pode significar não ter tempo para a família.

Portanto, o pouco espaço que eles têm é dedicado a satisfazer todos os caprichos de seus herdeiros.

Porém, os pais não podem compensar suas próprias lacunas emocionais comprando brinquedos.

Para fazer as crianças realmente felizes, deve-se fazer apenas uma coisa: passar tempo com elas.

Reserve um tempo com elas para ensina-las o que você sabe e contar sobre sua vida.

Esta é a melhor maneira de as mostrar o valor real que não estão nas coisas materiais, mas em momentos e pessoas.

Compre um cofrinho e peça para que seu filho economize o dinheiro da mesada.

Esta é uma maneira de ensiná-lo a não pedir emprestado, economizar para gastar, esperar e decidir como deverá investir.


As famílias americanas que adotaram um estilo de vida frugal, compram menos brinquedos e saem mais com os filhos.

Siga o exemplo, não compre brinquedos para ficarem parados em sua casa logo depois de um mês.

Se tiver que recompensá-lo, tente fazer isso por meio de experiências ao invés de bens materiais.

Add comment