Guia Mais

Como Enganar sua Mente e Passar a Gastar Menos?

Vivemos imersos em uma cultura que nos diz diariamente para gastarmos, colocando em nossa cabeça que assim, ficaremos mais poderosos.

Essa ideia começa a tocar em nosso subconsciente e acabamos acreditando que isso é verdade.

Assim como a publicidade funciona em nossas mentes, nosso cérebro também pode se concentrar em fazer o inverso.

Isso é questão de estabelecer pequenos passos e desafios, afastando-se do contexto e criando novos hábitos ou comportamentos.

Neste artigo, será possível com que veja como alguém inflexível pode controlar suas emoções e gastar menos do que a imprensa deseja.


Crie o desafio de não gastar

Se você já tomou a decisão de fazer um corte no seu orçamento, categorize e organize suas despesas mensais.

Defina esse pequeno desafio por uma semana. Ou seja, comece dizendo “nesta semana não vou gastar nada no mercado”, por exemplo.

No final da semana, se tiver conseguido, parabenize-se e dê a si mesmo uma pequena recompensa (que não envolva muito dinheiro).

Lembre-se de que antes de tudo, é importante que planeje suas compras para não desperdiçar dinheiro ou quebrar o propósito de gastar menos.


Mude sua linguagem em relação às despesas

Quando “você está apertando o cinto”, não deve usar frases como:

  • “Tenho que economizar porque estou falida”;
  • “Não posso sair, porque estou com pouco dinheiro”;
  • “Não vou às compras porque não tenho dinheiro”.

Na maioria das vezes esquecemos o poder dos palavras em se transformar em nossa realidade.

O discurso que você dá a si mesmo o fortalece ou mago , o torna mais forte ou mais fraco.

Comece a parar para pensar quais são os pensamentos e palavras que saem de você em relação ao financeiro.

Se você continuar reclamando, sentirá que poupar é um sacrifício e não será capaz de manter seu objetivo.

Ao decidir gastar menos, seja positivo e confiante. Sua atitude será mais agradável e suas ações cooperarão para a tal economia.


Crie novos hábitos

Talvez você tenha tentado várias maneiras de parar de gastar e não conseguiu.

Isso ocorre em parte porque é mais fácil criar novos hábitos do que abandonar os que já possui.

O ideal é criar pequenos hábitos semanais que mudam seus hábitos consumistas, e repetir de semana a semana até ser natural.

Aqui vai mais uma dica para que não caia na “síndrome de gastar mais que não deve”: não seguir a onda dos outros.

Sempre haverá alguém que tem mais ou menos que você, então não se compare com outras pessoas.

Reflita sobre os sentimentos dos seus gastos e acompanhe o que está por trás deles. Encontre a causa e mude suas consequências.

Se você adora sair para comprar roupas e todo fim de semana vai ao shopping com seus amigos, comece a diminuir a constância da atividade.

Altere o shopping para outra atividade que te faça economizar, comece a estudar, exercite-se, pense em algo que possa somar na sua vida e no seu bolso.

Add comment